Arquivo de Tag | Espírito Santo

Seja Sensível

Durante o curso de formação de Supervisor de Radioproteção, tive a oportunidade de visitar uma empresa que faz esterilização de equipamentos e materiais por meio da radiação. A ideia é relativamente simples. O material passa por um feixe de elétrons acelerados com energia suficientemente alta para matar os microorganismos existentes e assim esteriliza-lo. Essa é mais uma aplicação fantástica da radiação, mas o post não é sobre isso. Quero dizer, não é diretamente sobre isso.

Existe uma logística para que esse processo todo acontecer e enquanto nós estávamos conhecendo a instalação, a engenheira nos explicava todo esse processo. Para controlar quais caixas já foram irradiadas, eles usam umas etiquetas radiossensíveis. Essas etiquetas são feitas por um tipo especial de polímero, que eu sinceramente não sei qual é. Esse polímero muda de cor de acordo com a quantidade de energia que absorve da radiação, na física a gente chama isso de dose absorvida. Antes de ser irradiada ela é amarela e vai ficando alaranjada até ficar vermelha quando recebe uma dose determinada.

Eu fiquei pensando em como essa etiqueta se transforma quando interage com a radiação e Deus Falou comigo. De que maneira eu sou transformada pela presença de Jesus na minha vida? Essa presença está fazendo diferença em mim? A bíblia diz que “fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” (Romanos 6:4).

Fico refletindo a que nós somos sensíveis? Uma dificuldade nos desanima, qualquer coisinha nos chateia e nos deixa estressados. Deus quer que sejamos sensíveis ao seu Espírito, que escutemos a suas orientações e sigamos a direção que Ele indica.

“Vermelho é esterilizado” é o que diz a etiqueta radiossensível. E a nossa vida, o que diz? Ela deveria dizer: “Amável é cheio do Espírito”; “Alegre é cheio do Espírito”; Longânimo é cheio do Espírito”; “Benigno é cheio do Espírito”. Para uma lista maior, leia Gálatas 5:22, Mateus 11:29 e Efésios 4:32 e seja cheio.

Sintonize-se

Continuando a falar sobre ouvir a voz de Deus e sobre a propagação do som gostaria de fazer uma reflexão sobre o funcionamento do rádio. Você sabe como funciona o rádio? Qual é o mecanismo que nos permite selecionar estações diferentes e o que isso tem haver com as coisas que Deus fala?

O rádio é um instrumento que transmite sinais através da modulação das ondas eletromagnéticas. Dois componentes básicos são necessários um transmissor, que envia a informação, e um receptor que recebe. Fazendo uma analogia simples, se Deus é o transmissor, a informação é o que Ele quer nos falar e nós somos os receptores.

Para enviar uma mensagem o transmissor a codifica em uma onda senoidal e a transmite em uma onda de rádio. Cada sinal de rádio diferente usa uma frequência de onda senoidal, é dessa forma, que os sinais são todos separados. Quando o receptor recebe as ondas, ele as decodifica.

As ondas de rádio têm diferentes frequências e para escolher a estação certa e ouvir o que te interessa você precisa sintonizar seu receptor em uma frequência específica, pois um receptor recebe milhares de informações. Na nossa analogia também é assim, além da voz de Deus, ouvimos pessoas que querem nos ajudar, outras que tentam nos atrapalhar, ouvimos a voz do diabo e também nossas próprias convicções e medos.

Então entra em ação o sintonizador que tem o trabalho de separar uma onda das milhares de ondas que o receptor recebe. No nosso caso o sintonizador é o Espírito Santo que nos ajuda a receber as mensagens de Deus. Os sintonizadores funcionam usando um princípio chamado ressonância, eu já escrevi sobre a ressonância aqui.

Os sintonizadores ressoam e amplificam uma frequência específica e ignoram todas as outras. Para que o Espírito nos ajude a sintonizar a voz de Deus precisamos estar em comunhão frequente com Ele. Glória a Deus pelo Espírito Santo que está aqui para nos fazer ouvir e lembrar tudo o que Deus nos diz (Joaão 14:26).

Não Se Iluda

As linhas horizontais são paralelas.

Quantas patas você vê?

Pode não aparecer, mas é um círculo perfeito

Quantas pessoas você vê?

 O segredo dessas imagens é a ilusão de óptica. A ideia do post foi do Fabiano, O jovem do “Princípios do Reino”. Ele viu uma imagem como essas no facebook e alguém comentou “Ilusão de óptica é física”, ai ele me perguntou: “é verdade, é física? Ser for, isso daria um post?” Daria sim, e deu.

É verdade sim, jovem. É física, eu diria mais diria que é biofísica. Primeiro acontece o fenômeno físico: a luz atinge a imagem, é parte absorvida parte refletida, essa parte refletida chega aos nossos olhos. Depois tem a parte fisiológica com o funcionamento do sistema visual humano. Os estímulos visuais não são estáveis e a tarefa do cérebro é extrair as características constantes dos objetos a partir da enorme inundação de informação que recebe.

O cérebro deduz a distância relativa entre dois objetos quando há sobreposição ou interposição. E pode deduzir a forma de um objeto a partir das sombras. Mas existem vários tipos de ilusões de distância e profundidade que surgem quando esses mecanismos de dedução inconsciente resultam em deduções erróneas, ou seja na ilusão de óptica.

O Fabiano falou que o pecado também é uma ilusão, pois nossa carne sempre consegue ver algo bom nele, porém o Espírito do Senhor nos alerta que é apenas ilusão passageira. E a bíblia diz isso “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Provérbios 14:12).

A nossa carne está sujeita às ilusões do pecado e por isso devemos manter o nosso espirito fortificado e guiado pelo Espírito para não sermos levados pela ilusão a pecar. “Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro”(Gálatas 5:17)

Não podemos nos deixar iludir pelas armadilhas do pecado. “Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia noEspírito, do Espírito ceifará a vida eterna.” (Gálatas 6:8)

Cuidado Aí!

Passei a semana toda com a minha perna direita dolorida. Por que na segunda feira eu fui recolocar as cortinas que haviam sido lavadas e levei o maior tombo. O pé direito da casa que estou morando agora é muito alto então tive que subir no encosto do sofá e ainda me esticar toda pra alcançar.

Quando eu estava lá em cima me equilibrando pra por a cortina alguém me disse “cuidado ai!” Mas não pensei que cairia, já havia feito aquilo tantas outras vezes que ignorei o perigo. Caí, me machuquei e Deus falou comigo.

Na física, a gente cai por causa da gravidade. Gravitação é a força de atração que existe entre todas as partículas com massa, e gravidade é a força de atração que a Terra exerce sobre nós por causa da sua enorme massa. Vocês sabem o que dizem: quanto maior a altura, maior a queda. A minha foi feia. Arranhei a perna em dois lugares, ganhei umas marcas roxas que me deixaram a semana toda dolorida e o estrago não foi maior porque cai sentada no sofá.

Andar na carne te faz cair. Ande em Espírito.

Está escrito “Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia” (1coríntios 10: 12). Por que assim como a gravidade puxa a gente pra baixo, viver na carne puxa a gente pra pecar. Não sou eu que estou inventando isso, tá na bíblia “Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção” (Gálatas 6:8).

É inevitável, todos estão sob a ação da gravidade, mas a solução contra a corrupção é andar em Espírito. “Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” (Gálatas 5:15).

Se a saída é andar no Espirito como é que se faz isso? Parece uma coisa  abstrata, mas andar no Espirito é escolher conscientemente e pela fé depender do Espírito Santo para guiar cada pensamento, palavra e ação. É uma escolha pessoal e constante. Todo dia temos que escolher, em cada decisão em cada passo depender do Espírito Santo.

Então essa é a dica: para não cair e pecar ande em Espírito e para não cair e se machucar cuidado com a gravidade.

Recorrendo a Ele

Há alguns anos atrás eu ouvi o Paulão dizer uma coisa que nunca esqueci. Ele falou mais ou menos assim: Deus tem toda a habilidade para nos ajudar, não importa o que precisemos. Ele está disposto a nos ajudar em qualquer coisa. Se sua receita deu errado, peça a ajuda de Deus. Deus entende de culinária. Se o seu programa não quer rodar, peça a ajuda de Deus. Ele entende de programação. Deus entende de corte costura, de medicina, sabe matemática, biologia, química, física.

Deus entende de tudo. Afinal de contas “Nele foram criadas todas as coisas” (Colossenses 1:16) e Ele sabe muito bem como todas elas funcionam. Pode haver um professor melhor do que o criador de tudo?

Eu nunca tive oportunidade de dizer ao Paulão como eu guardei isso que o Senhor o usou para falar. Nem sei se ele se lembra de ter dito isso, mas essa palavra marcou a minha vida.

Peça com Fé

Quantas vezes eu já estive enrolada nos meus livros de Física atômica e nuclear e não tinha ninguém pra tirar dúvidas. Ninguém a não ser aquele que mais entende de física no universo todo. E foi a ele que recorri. Fechei o livro, fechei os olhos e orei “Deus, não consigo entender essa parte. Me ajuda, por favor. Eu sei que você sabe isso, foi você mesmo que criou o átomo e o núcleo com suas próprias mãos, você estabeleceu esses princípios e leis. Me ajude a entender essas coisas.”

O impressionante é que sempre funcionou. Algumas vezes foi instantâneo. Terminei de orar, abri o livro, li de novo e tudo fez sentido. Outras vezes tive que deixar o livro de lado, fazer outras coisas e no outro dia, quando voltei a estudar, tudo estava esclarecido.

A bíblia ensina que “Se alguém tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente” (Tiago 1:5). Como experiência própria, posso dizer que Deus nunca deixou de me ensinar. Não só quando estava enrolada nos meus problemas de física, mas em tantas outras coisas, como ler a bíblia e resolver coisas do dia a dia.

Nesses dias de carnaval, o Victor Rodriguez nos ensinava sobre os dons do Espírito Santo. Um deles é o dom de palavra de sabedoria (I Coríntios 12:8). “Palavra de sabedoria é tornar fácil aquilo que era difícil”. Quando o Victor disse isso, eu comecei a me lembrar de tudo o que eu já tinha experimentado e entendi que era através do Espírito Santo, que Deus me ensinava o que eu pedia.

Eu já usava o dom de palavra de sabedoria, mesmo sem saber ou entender que estava usando. É como eu digo, não é porque eu não entendo uma coisa que ela deixa de ser verdade. Agora eu entendo e posso glorifica a Deus pela obra do Espírito Santo.

Está na bíblia que “o Espírito Santo vos ensinará todas as coisas” (João 14:26). Nós só precisamos “procurar com zelo os melhores dons” (I Coríntios 12:31). O melhor dom é o que faz falta na ocasião. Se precisar de sabedoria, peça sabedoria. Uma dica: “Peça com fé, não duvidando” (Tiago 1:6)